recessao-economica-como-seu-contador-pode-te-ajudar-em-tempos-de-crise
Recessão econômica: como o seu contador pode te ajudar em tempos de crise?
9 de abril de 2020
simples-nacional-e-os-prazos-adiados-no-pagamento-dos-tributos
Simples Nacional e os prazos adiados no pagamento dos tributos
10 de abril de 2020

Contabilidade para Consultório Odontológico

Entenda como funciona a contabilidade para Dentistas:

Nos dias de hoje, a contabilidade é uma ferramenta indispensável para que a gestão dos negócios seja mais efetiva. Ela pode ajudar um empresário em assuntos tributários e de fins gerenciais, assim como ajudar a fornecer informações e auxiliar na tomada de decisões.

contabilidade para dentistas é um nicho contábil que tem sido muito procurado recentemente, devido à rotina sempre corrida desses profissionais. Por isso, a Organização Contábil Vivace se estruturou e se especializou para atender seu consultório.

Sobre a importância da contabilidade para Dentistas

Para que seu consultório odontológico esteja enquadrado na legislação, a Organização Contábil Vivace faz um planejamento tributário minucioso e cauteloso.

A Vivace cuida do seu consultório através do livro caixa, onde relatamos todas as despesas. Tendo esse controle, é possível deixar a saúde financeira do empreendimento em perfeito estado, pois só assim conseguimos garantir que tudo funcione de acordo com à legislação.

Assim, podemos auxiliar o profissional da saúde, em questões burocráticas e na tomada de decisões, garantindo que a empresa tenha sucesso e cresça cada vez mais.

Natureza Jurídica

Em seguida, é preciso verificar qual o tipo de natureza jurídica de sua empresa. Este, representa o regime jurídico no qual ela se enquadra, isso é, a relação da pessoa jurídica pública ou privada com a fiscalização no determinado empreendimento, junto aos dados cadastrados na administração pública.

Informar a natureza jurídica no momento de formalizar a empresa é uma questão indispensável, logo que cada uma possui formas diferentes de aplicação das normas. Existem diversas espécies de natureza jurídica, mas às entidades empresariais, são atribuídas:

  • Empresário Individual, ou MEI: Uma única pessoa constitui a empresa, cujo nome empresarial deve ser composto por seu nome civil, completo ou abreviado. É a pessoa física titular da empresa, podendo constituir apenas uma em seu nome;
  • Sociedade Limitada: É aquela que reúne dois ou mais sócios a fim de explorar atividades de produção ou circulação de bens e serviços. Inclui-se toda empresa que contribui com moeda para formação de capital social e realização da constituição empresarial;
  • Sociedade Simples, ou SS: Exploram atividades de prestação de serviços decorrentes de atividades intelectuais e de cooperativa. Ou seja, os sócios não exercem nenhuma atividade voltada ao comercio, e sim desempenhar suas profissões. Exemplo: contadores, advogados, cooperativas e representações comerciais;
  • Sociedade Anônima: Todas as empresas que não atribuem seu capital social a um nome específico, mas sim divide em ações. Essas ações podem ser transacionadas livremente. Neste caso não é necessário nenhum contrato social ou outro ato oficial como nas sociedades limitadas;
  • Empresa Individual de Responsabilidade Limitada, ou EIRELI: Empresa formada por somente uma pessoa, onde o capital pertence unicamente ao titular. Esse capital deve ser obrigatoriamente integralizado, e não pode ser inferior a 100 vezes o salário mínimo vigente.

Contabilidade

A Organização Contábil Vivace é uma empresa contábil que conecta, novos empreendedores ao real mundo dos negócios,e nosso objetivo é sempre observar e diagnosticar toda e qualquer oportunidade para nosso cliente.

Whasapp

Comments are closed.